Heart and Mind

‘The question is very simple. How would you like to live your life? Are you doing what you love?’ – Eduardo Shimahara

Purpose is something so deeply personal. It’s not about fitting in – it’s about finding your own path. Listen to your heart – that’s the right thing for you to do.

Advertisements

A última jornada da Primavera (de 2018)

Recuperação ecológica do Cabeço Santo

Passou muito depressa este mês de Maio, com coisas que só Maio tem para mostrar, e parece que também ainda ontem começaram as jornadas de Primavera, e a que agora passou já foi a última!

Assim foi: treze voluntários reuniram-se num dia tão fresco que parecia que o tempo do calendário tinha andado para trás, mas fizeram trabalhos próprios da Primavera. Primeiro, durante a manhã, visitaram as árvores plantadas na zona do Vale da Estrela e da Fonte do Porco para ver se precisavam de cuidados. De facto, enquanto a maior parte dos voluntários fazia este trabalho, outros cortavam rebentação de eucalipto, das toiças que ainda resistem por aqui.

DSC_3066 O Vale da Estrela, uma paisagem em início de recuperação

As árvores plantadas encontravam-se bem, embora algumas estivessem já a ter a concorrência de vigorosas plantas espontâneas, que o trabalho do dia tinha como objectivo retirar. Não tão bem estavam os…

View original post 801 more words

Jornada com Núcleo de Estudantes de Engenharia do Ambiente – AAUAv

Recuperação ecológica do Cabeço Santo

Esta foi uma jornada especial, na qual voltámos a receber o Núcleo de Estudantes de Engenharia do Ambiente da Universidade de Aveiro, que já tinham participado em Novembro de 2016.

Com 9 elementos no total, o grupo dividiu-se, trabalhando uma parte a jusante dos portões da mata da Altri Florestal, na remoção de plantas espontâneas que concorrem com as árvores e arbustos plantados em 2016 e adensamento de 2018. Era necessário também refazer, se necessário, a caldeirinha da planta, para uma retenção mais eficiente da água da chuva ou mesmo da eventual água de rega, se esta for realizada. Outra ação necessária era o arranque de acácias de origem seminal, neste caso mimosas, à medida que fossem aparecendo.

1 Encosta à entrada da Mata

2 Panorâmica ao longe da área trabalhada

O outro (sub-)grupo seguiu para o outro lado do ribeiro e realizou trabalhos de remoção de rebentos de eucalipto numa das…

View original post 425 more words

Jornada de visita – reportagem

Recuperação ecológica do Cabeço Santo

E aconteceu uma das mais esperadas jornadas do ano: a jornada de visita! Com quase vinte participantes, iniciou-se, como é tradicional, na capela do Feridouro, com a subida do cabeço ao longo do Vale de São Francisco. Com as pernas ainda frescas, a íngreme subida abordou-se sem hesitações. Não é que a paisagem do entorno do vale ajude muito, pois os eucaliptos que restam da antiga plantação ainda estorvam a apreciação do espaço. No entanto, muitas árvores foram já aqui plantadas e muito trabalho de remoção de mimosas realizado.

WP_20180519_09_25_24_Pro Preparados para começar!

WP_20180519_09_58_23_Pro Vista para a área das Bicas de Aguadalte (terreno da Quercus)

A subida continuou pelas Bicas de Aguadalte, chegando-se ao terreno da Quercus, onde se contemplou o cabeço a partir de baixo, e continuou encosta acima até finalmente se atingir o antigo caminho da mata, já à cota dos 380 metros e depois de vencido um desnível de…

View original post 684 more words