Terceira jornada de Inverno

Recuperação ecológica do Cabeço Santo

A jornada de 20 de Fevereiro, adiada uma semana por razões meteorológicas, usufruiu de um dia radioso e fresco, perfeito para os trabalhos em agenda. Não fosse o caudal abundante do ribeiro, e já não nos lembrávamos de quão cinzento e chuvoso tinha estado uns dias antes.

Marcaram presença apenas seis voluntários, três deles estreantes. E para baptismo de participação as condições não foram fáceis: na verdade quase todo o terreno a plantar era declivoso e rochoso, às vezes tão declivoso que era difícil alguém segurar-se em pé, e às vezes tão rochoso que formava pequenas escarpas verticais sobre o ribeiro. Para além disso, ainda estorvavam os tocos e as raízes dos eucaliptos e das mimosas, quando se escavava em busca de um bom local para plantar uma árvore.

Mas os voluntários eram jovens ou determinados, ou ambas as coisas e o panorama não os intimidou. O local era o “corredor”…

View original post 449 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s